A 11 de dezembro, em Lisboa, ocorreu a entrega do 4º Prémio de Jornalismo Florestal promovido pelo Centro PINUS.

Esta distinção bianual, que tem o valor monetário de 5.000 euros, visa reconhecer o trabalho jornalístico que pela sua qualidade e originalidade mais contribuiu para a reflexão pertinente da temática florestal nacional junto da sociedade civil.

O Júri  atribuiu o Prémio Centro PINUS de Jornalismo Florestal pela obra intitulada “Só Neste País – Pinheiros”, emitida pela antena 1, aos jornalistas José Guerreiro e Maria de São José, disponível aqui.

A obra “Floresta vale mais de 1,3 mil milhões e está subaproveitada” da autoria das jornalistas Teresa Costa e Ilídia Pinto, publicada nos órgãos de comunicação JN, DN, e Dinheiro Vivo, nas edições imprensa e online recebeu uma Menção Honrosa. Leia aqui.

Pin It on Pinterest

Share This