“O Bravo do Pinhal do Rei”, nomeado pelo Centro PINUS, é um dos 10 finalistas da edição de 2021 do concurso Árvore do Ano.

As votações decorrem até 23 de novembro de 2020 neste link.

Veja aqui como votar: são 5 passos simples.

Localizado no Pinhal do Rei, em Leiria, classificado como árvore de interesse público em 1997, este pinheiro-bravo, com 125 anos, é um representante único da sua espécie.

Qual guardião das dunas, este pinheiro veterano, com o seu tronco imponente e inusitado serpenteia pela areia como que a ouvir o pulsar da terra. Para o Centros PINUS, “O Bravo do Pinhal do Rei” é um importante embaixador dos pinhais litorais na sua função de proteção da orla costeira, dos recursos hídricos, do solo, da água e da biodiversidade de ecossistemas frágeis como as dunas.

A iniciativa Árvore do Ano, realizada a nível europeu desde 2011, é um concurso que pretende destacar a importância das árvores antigas na herança cultural e natural.

A UNAC – União da Floresta Mediterrânica é o organizador do concurso em Portugal, que habilita a árvore portuguesa vencedora a concorrer à votação para a Árvore Europeia do Ano.

Pin It on Pinterest

Share This